• +55 81 3444-7979
  • jornalismo@radioolinda.com.br

Arquidiocese de Olinda e Recife

Arquidiocese de Olinda e Recife

O Papa Inocêncio XI, no dia 16 de novembro de 1676, criou a diocese de Olinda e Recife, uma das primeiras do Brasil, que somente em dezembro de 1910 foi elevada à condição de Arquidiocese.

Um dos objetivos que vem sinalizando a evangelização, desde a sua criação, na Igreja de Olinda e Recife, é o cuidado para com os pobres, os menos favorecidos da sociedade. Dom Antônio Fernando Saburido, OSB, é o oitavo Arcebispo Metropolitano de Olinda e Recife e o trigésimo segundo Bispo a ocupar o solo olindense. Nomeado oficialmente Arcebispo de Olinda e Recife no dia 1º de julho de 2009, Dom Fernando foi empossado no dia 16 de agosto de 2009 e, com o olhar de pastor, está à frente da grande e complexa Arquidiocese.

A Arquidiocese conta com uma população de, aproximadamente, quatro milhões de habitantes divididos em 20 municípios, abrangendo uma área de 4.305Km2. Estes dados elevados – tanto a população quanto a área geográfica – dificultam a ação pastoral da Arquidiocese. Para favorecer um trabalho eficaz, o arcebispo dividiu a Arquidiocese, que conta com 122 paróquias, em oito vicariatos, nomeando para cada vicariato um padre como Vigário Episcopal, que coordena a ação pastoral no âmbito do seu vicariato.

O crescimento populacional da Arquidiocese de Olinda e Recife sempre foi marcado por diferentes processos de migração, fruto dos conflitos agrários, da crise da cultura dos engenhos, das secas e do próprio fascínio que a cultura urbana desenvolve. Neste contexto, a Arquidiocese de Olinda e Recife é chamada a ser “comunidade missionária”, sair ao encontro não só dos que ainda não creem em Cristo, mas, sobretudo, dos batizados que não foram evangelizados e que não participam da vida da comunidade de fé.

Istivy Cordeiro

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.