• +55 81 3444-7979
  • jornalismo@radioolinda.com.br

Arquivo da tag #lançamento

Lançamento da CF 2019 na Arquidiocese solidariza-se ao povo em situação de rua

(Foto:Reprodução/PascomAOR)

O início da Quaresma – tempo de penitência e jejum em preparação para a Páscoa do Senhor – foi marcado pelo lançamento da Campanha da Fraternidade 2019 na Arquidiocese de Olinda e Recife, na tarde do dia 06/03/19, Quarta-feira de Cinzas. O local escolhido para a celebração Eucarística de Cinzas foi a rua da Conceição, bairro da Boa Vista, em frente à igreja de Santa Cecília, sede da Pastoral do Povo de Rua, buscando sensibilizar a sociedade para o povo em situação de rua. A escolha do local do lançamento da CF 2019 procura conectar-se ao tema da campanha: “Fraternidade e Políticas Públicas, cujo lema é “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27). A missa campal foi presidida pelo arcebispo metropolitano, dom Fernando Saburido, e concelebrada pelo bispo auxiliar da Arquidiocese, dom Limacêdo Antonio da Silva, pelo vigário geral monsenhor Luciano Brito e presbíteros e diáconos do clero arquidiocesano. 

(Foto:Reprodução/PascomAOR)

Além do povo de deus, participaram da celebração de Cinzas representantes de congregações religiosas, de pastorais arquidiocesanas, de movimentos e de comunidades católicas. Um dos  momentos especiais que marcaram a celebração aconteceram na primeira e na segunda leituras. A primeira leitura da missa (Jl 2, 12-18) foi lida pelo senhor José Antônio de Souza, morador de rua assistido pela Pastoral do Povo de Rua, e a segunda leitura (2Cor 5,20-6,2) foi lida por um refugiado venezuelano acolhido pela Caritas, para residir em Pernambuco, senhor Darwin Jose, de 45 anos de idade.  

(Foto:Reprodução/PascomAOR)
(Foto:Reprodução/PascomAOR)

Em sua homilia, dom Fernando Saburido refletiu que o trabalho de conversão deve ser constante. “Devemos ter uma atitude de coragem e adotar uma conversão genuína e dinâmica. O caminho de nossa conversão passa pelo amor. O amor é uma chama que se arrisca a se apagar”, ensinou o metropolita. O arcebispo destacou também que percebe que os fiéis da arquidiocese amam muito os exercícios quaresmais.

(Foto:Reprodução/PascomAOR)

Após a homilia, o arcebispo abençoou as cinzas diante da assembleia. Em seguida, o arcebispo, o bispo auxiliar, o vigário geral e demais sacerdotes impuseram as cinzas na fronte dos fiéis, em forma de cruz, pronunciando as palavras Bíblicas: “Convertei-vos e crede no Evangelho”. 

(Foto:Reprodução/PascomAOR)
(Foto:Reprodução/PascomAOR)

O momento do ofertório teve especial participação da Pastoral do Povo de Rua, com a apresentação de placas e banners que denunciavam a exclusão do povo em situação de rua: “restaurante popular”, “aluguel social”, “consultórios de rua”, dentre outros temas e desafios enfrentados. Uma a uma, as placas foram deixadas ao lado do altar da Missa. 

(Foto:Reprodução/PascomAOR)
(Foto:Reprodução/PascomAOR)

Antes da bênção final da celebração de Cinzas, o Coral do Movimento Pró-Criança apresentou à assembleia o hino da Campanha da Fraternidade 2019, envolvendo a todos.

(Foto:Reprodução/PascomAOR)

Segundo prescreve a Igreja, na Quarta-feira de Cinzas o jejum e a abstinência de carne são obrigatórios, como também na Sexta-feira Santa, para as pessoas maiores de 18 e menores de 60 anos. Vale salientar que a cinza, como sinal de humildade e penitência, recorda ao cristão a sua origem e o seu fim, e a Quarta-feira de Cinzas marca o começo dos quarenta dias de penitência, no Rito romano, caracteriza-se pelo austero símbolo das Cinzas. Próprio dos antigos ritos nos quais os pecadores convertidos se submetiam à penitência canônica, o gesto de cobrir-se com cinza tem o sentido de reconhecer a própria fragilidade e mortalidade, que precisa ser redimida pela misericórdia de Deus. A Igreja conservou o gesto de receber as cinzas no início da Quaresma como sinal da atitude do coração penitente que cada batizado é chamado a assumir no itinerário quaresmal. Recomenda-se a ajudar aos fiéis que vão receber as Cinzas, para que aprendam o significado interior que este gesto possui, que abre a cada pessoa a conversão e ao esforço da renovação pascal.

(Foto:Reprodução/PascomAOR)

CF e CNBB: A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) escolheu o tema para estimular a participação popular na formulação de Políticas Públicas à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja, visando fortalecer a cidadania e o bem comum, sinais de fraternidade. Vale salientar que a Campanha da Fraternidade 2019 terá início em todo o país no dia 6 de março, com o objetivo de tornar mais conhecido como são formuladas e aplicadas as Políticas Públicas estabelecidas pelo Estado brasileiro.

(Foto:Reprodução/PascomAOR)

Para despertar a consciência e incentivar a participação de todo cidadão na construção de Políticas Públicas em âmbito nacional, estadual e municipal, a Comissão Nacional da CF preparou o texto-base, que contou com a participação e contribuição de vários especialistas e pesquisadores, bem como com a consulta a lideranças de movimentos e entidades sociais. Dividido no método ver, julgar e agir, o subsídio aponta uma série de atividades que ajudarão a colocar em prática as propostas incentivadas pela Campanha.

Como exemplo dessas ações, o texto-base além de contextualizar o que é o poder público, os tipos de poder e os condicionantes nas políticas públicas, fala sobre o papel dos atores sociais nas Políticas Públicas. A participação da sociedade no controle social das Políticas Públicas é outro tema de destaque no texto-base. “Política Pública não é somente a ação do governo, mas também a relação entre as instituições e os diversos atores, sejam individuais ou coletivos, envolvidos na solução de determinados problemas”, afirma o secretário-geral da CNBB, dom Leonardo Steiner.

 (Fonte:Pascom Arquidiocese)

Padre Cosmo Francisco lança terceira edição do livro e do CD A Força da Oração no Recife

“Jesus torna suave o que é amargo”. Esta e outras formas de rezar podem ser encontradas no primeiro livro de orações escrito pelo padre Cosmo Francisco do Nascimento, que nasce da reflexão e da contemplação. De passagem pelo Recife desde o final de dezembro e início deste mês de janeiro, o padre Cosmo Francisco do Nascimento dedica aos fiéis e amigos uma agenda que inclui celebrações eucarísticas e uma tarde de autógrafos, até o dia 07/01/2019. Desde agosto de 2018 o sacerdote está aperfeiçoando sua formação eclesial, residindo em Roma, cursando mestrado em Mariologia. Além da programação das missas, na quarta-feira, 03/01 (15h), os fiéis podem participar da tarde de autógrafos da terceira edição do livro A Força da Oração, de autoria do padre Cosmo, que acontece na Paulinas Livraria Recife, bairro de São José. Na ocasião, também estará à venda na livraria católica o CD “A força da oração”, que reúne uma seleção das principais orações do livro, na voz do jornalista Cid Moreira.

O arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, escreveu a apresentação do livro e acredita que os fiéis que rezam com fé podem atingir o coração misericordioso do Pai e alcançar as graças de que necessitam. Dentre as orações, padre Cosmo selecionou preces de contemplação, para adorar Jesus na hóstia consagrada, para se livrar das drogas, para deixar o vício do alcoolismo, de purificação, de consolo, dentre outras. O padre Cosmo oferece o livro ao povo de Deus, que serve de inspiração para o exercício de seu ministério.

Em entrevista para o site da Arquidiocese, o padre Cosmo revela com simplicidade que gosta muito de ficar em paz no seu quartinho, em sua casa. Dentre os livros da Bíblia que mais aprecia, padre Cosmo destaca as cartas pastorais de São Paulo, de São Pedro e ainda o Salmo 36. Segundo ele, as orações apresentadas neste primeiro livro surgem espontaneamente, tanto durante as celebrações das missas, como nos momentos em que está em contemplação. “Uma pessoa de joelhos vale mais do que um exército de mil pessoas”, ensina o sacerdote. O livro “A Força da Oração” foi lançado a primeira vez em janeiro de 2018 e o CD foi lançado em julho do mesmo ano. Rapidamente os exemplares se esgotaram, pois foram adquiridos por fiéis e amigos do padre Cosmo Francisco, que atuou por mais de cinco ano como pároco da paróquia de Nossa Senhora da Paz, em Afogados, Recife. A publicação é dividida em duas partes e reúne 64 orações abordando temas como cura e libertação, preces pela saúde, orações de purificação, sendo a segunda parte inspirada em frases de Santa Teresinha de Menino Jesus, santa por quem o padre Cosmo nutre especial devoção.

O CD contém uma seleção das principais preces de autoria do padre Cosmo Francisco do Nascimento, como orações que trazem consolo e ânimo ao povo de Deus. O CD será vendido ao custo de R$10,00 e o livro pelo valor de R$20,00. Parte do valor arrecadado com a venda dos livros e dos CD’s vai ajudar a custear os estudos do padre Cosmo em Roma e vai auxiliar também na manutenção da Rádio Olinda, emissora da Arquidiocese de Olinda e Recife.

É importante salientar que o CD e o livro “A força da oração” resultam de um mutirão silencioso que reuniu esforços solidários e talentos para fazer frutificar a mensagem evangelizadora e de conversão, presentes nas missas e louvores presididos pelo do padre Cosmo.  Conforme relata a diretora de jornalismo na Rede Globo Nordeste, Jô Mazzarolo, uma das entusiastas da publicação, foi verificado que não existia um registro formal das orações e que era necessário organizar as orações do padre Cosmo em um livro e agora, em CD, para que os fiéis possam ter ao seu alcance as preces criadas pelo presbítero.

Segue abaixo a agenda de celebrações eucarísticas presididas pelo padre Cosmo Francisco do Nascimento, onde o povo de Deus poderá participar das Missas:

Dia 02/01 (quarta-feira, 19 h)- Missa na igreja do  Amparo, Olinda. Rua do Amparo, Amparo, Olinda.

Dia 03/01 (quinta-feira, 15h) – Tarde de autógrafos 3° edição do livro A Força da Oração, de autoria do padre Cosmo, na livraria Paulinas Recife. Valor do livro: R$20,00. *parte da renda obtida com a venda dos livros será revertida para a Rádio Olinda, emissora da Arquidiocese.
Endereço: Rua Frei Caneca, 59 – 01, bairro São José, Recife. Telefone: 3224-5812.

Dia 04/01 (sexta-feira, 12h) – Missa na capela Nossa Senhora da Conceição, anexa à Rádio Olinda. Endereço: Rua Duarte Coelho, 240, bairro Santa Teresa, Olinda.

04/01 (às 19h30) –  Celebração de Missa na capela Santa Clara (paróquia de São Francisco, UR-7 Várzea, Recife). Endereço: Rua Gastão Vidigal, 687, Jardim Petrópolis, UR-7 Várzea, Recife.

Dia 05/01 (sábado, 19 h)- Celebração de Missa na faculdade Santa Helena.

Endereço: Av. Caxangá, 997, Zumbi, Recife.

Dia 06/01 (domingo, 19h) – Celebração eucarística na paróquia de São Sebastião, Cordeiro, Recife. Endereço: Av. Caxangá, s/n, Recife. Telefone: 3227-4483

Dia 07/01 (segunda-feira, 12h) – Celebração de Missa na basílica de Nossa Senhora do Carmo,

Endereço: Av. Dantas Barreto, 646 – Santo Antônio, Recife. Telefone: 3224-3174

Reprodução:(Pascom Arquidiocese)